A- A A+

 

Na temporada 2021/2022, Santa Catarina vai seguir ostentando a marca de estado "mais azul" do Brasil. Ao todo são 15 certificados do programa Bandeira Azul distribuídos no estado, dois a mais que na última temporada. O júri internacional renovou a reconhecimento de dez praias e duas marinas catarinenses - aprovou, ainda, outras duas praias e uma marina.

O crescimento tem relação direta com o investimento de R$ 80 mil da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) em estudos técnicos para ampliar o reconhecimento no estado. O projeto, realizado em parceria com o Instituto Ambientes em Rede (IAR), identificou os balneários catarinenses que melhor atenderam aos requisitos para obter o selo socioambiental reconhecido mundialmente.

 

Praia do Estaleiro, em Balneário Camboriú, é uma das praias certificadas - Foto: Markito/Aquivo/Santur

"Além de incentivarmos, nós investimos e trabalhamos em conjunto pela preservação, por um turismo responsável. É mais um reconhecimento que Santa Catarina recebe por cuidar do nosso patrimônio natural. Esse é um importantíssimo atrativo turístico para um estado que abriga tanta diversidade e belezas preservadas", afirmou o presidente da Santur, Renê Meneses.

O Brasil garantiu 28 aprovações, sendo 22 praias e seis marinas, que devem ser contempladas com o selo ecológico. Com 15 certificados, Santa Catarina garante 53,57% dos pontos azuis no país. O hasteamento da Bandeira Azul assegura aos visitantes mais informações sobre os locais, qualidade da água e ações de educação ambiental.

"Por causa da pandemia, houve dificuldade para alguns em realizar testes de balneabilidade da água e certas atividades relacionadas ao programa. No entanto, com a ajuda de nossos parceiros, todos os critérios foram cumpridos, ganhando reconhecimento do júri nacional e internacional", informou Leana Bernardi, coordenadora do projeto no Brasil.

A cerimônia de entrega das bandeiras acontece entre novembro e dezembro, no início da temporada de verão no hemisfério sul.

SELO BANDEIRA AZUL - 2021/22

*Renovação do selo
- Praia Grande, Governador Celso Ramos – SC
- Praia do Estaleiro, Balneário Camboriú – SC
- Praia do Estaleirinho, Balneário Camboriú – SC
- Praia de Piçarras – Balneário Piçarras – SC
- Praia de Quatro Ilhas, Bombinhas – SC
- Praia de Mariscal, Bombinhas – SC
- Praia da Saudade, Penha – SC
- Praia da Conceição, Bombinhas – SC
- Praia do Forte, São Francisco do Sul – SC
- Praia Grande, Penha – SC
- Iate Clube de Santa Catarina (sede Centro), Florianópolis – SC
- Tedesco Marina – Balneário Camboriú – SC

*Praias e marinas estreantes com o selo
- Praia da Bacia da Vovó, Penha – SC
- Prainha, São Francisco do Sul – SC
- Marina Itajaí, Itajaí – SC

O PROGRAMA

O programa Bandeira Azul é um selo de caráter socioambiental amplamente reconhecido em todo o mundo. Foi criado pela FEE – Foundation for Environmental Education, uma instituição internacional com diversos integrantes representando seus respectivos países. No Brasil, o Operador Nacional do Programa é o IAR – Instituto Ambientes em Rede.

O Júri Internacional é composto pela FEE – Foundation for Environmental Education; UNE – United Nations Environment; UNWTO – United Nations World Tourism Organization; WHO – World Health Organization; IUCN – International Union for Conservation of Nature; EUCC – European Union for Coastal Conservation; ILS – International Lifesaving Federation; ICOMIA – International Council of Marine Industry Associations; EEA – European Environment Agency; UNESCO – United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization; WCA – World Cetacean Alliance e ENAT – European Network for Accessible Tourism. 

 

Marina Tedesco é uma das marinas contempladas na edição 2021/22 - Foto: Saul Oliveira / Santur 

 

 

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: SANTUR | Tecnologia: Open Source | Acesso restrito