A- A A+

O Instituto Ambientes em Rede (IAR) apresentou à Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), nesta semana, a primeira etapa do Estudo de Viabilidade para Implantação do Programa Bandeira Azul. O projeto, que recebeu investimento de R$ 80 mil, vai identificar os balneários catarinenses que melhor atendem aos requisitos para obter o selo socioambiental. Santa Catarina é o primeiro estado do país a destinar recursos para incentivar o aumento da certificação, reconhecida em todo o mundo.

- Nesta temporada Santa Catarina conta com 11 praias e duas marinas certificadas pelo Programa Bandeira Azul, somos o estado com mais bandeiras no país. Mas temos condições de ampliar este número e esse estudo de viabilidade vai apontar as potencialidades e auxiliar os municípios a buscarem a certificação - destaca o presidente da Santur, Leandro “Mané” Ferrari.

estudo bandeira azul

Presidente da Santur, Leandro "Mané" Ferrari e Leana Bernardi, do IAR. (Foto: Divulgação/Santur)

 

Neste primeiro momento, o trabalho consistiu em avaliar os históricos de balneabilidade de praias catarinenses e definir as 40 com melhores possibilidades de certificação em cada município. Também foi apresentado o Plano de Trabalho, com o detalhamento do cronograma e próximas ações.

As etapas seguintes incluem visitas de inspeção nas praias para conhecer a estrutura dos balneários; preparação de relatórios individualizados e definição do potencial de cada praia para o ingresso na fase piloto; e, por fim, reunião com os municípios para apresentação dos resultados das visitas e sobre as ações necessárias para obter a certificação.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: SANTUR | Tecnologia: Open Source | Acesso restrito